Sherlock Holmes and the Hound of the Baskervilles (PC)

Mais uma rapidinha no PC, continuando pelos jogos da saga Sherlock Holmes da Frogwares. Este é baseado no romance de mesmo nome de Sir Arthur Conan Doyle e, tal como o Sherlock Holmes: The Mystery of the Persian Carpet, este é também um jogo do mesmo género, ou seja, com um grande foco na exploração de cenários para procurar objectos e resolver uma série de puzzles de forma a progredir na história. E tal como a maior parte dos outros jogos desta série que possuo na minha conta steam, este jogo foi comprado num indie bundle por uma bagatela.

Portanto este Hound of the Baskervilles é um jogo de hidden object. Começamos por ver Henry Baskervilles a visitar Sherlock e o Dr. Watson, e solicitar os seus serviços para resolver um mistério que assola a família Baskervilles há várias gerações: muitos dos seus membros morreram prematuramente, em circunstâncias misteriosas, supostamente após terem sido atacados por um grande cão demoníaco que assombra aquela família. E enquanto no livro toda esta vertente paranormal é desmistificada de certa forma, no jogo mantém-se bem presente.

Ao menos os cenários estão muito bem desenhados

De resto, a jogabilidade obriga-nos a explorar muito bem cada cenário e procurar uma série de itens, que podem posteriormente ser combinados entre si, usados noutros objectos, ou para desbloquear diversos puzzles que teremos também de resolver, tanto para ir desbloqueando novas divisões da mansão dos Baskervilles, como para avançar na história propriamente dita. Não temos que interagir com outras pessoas, nem fazer aquele trabalho de detective como nos restantes Sherlock Holmes clássicos ou mesmo no Mystery of the Persian Carpet. Aqui o foco está mesmo em ir coleccionando objectos das várias salas e usá-los de forma a progredir na história. Os puzzles são interessantes, mas confesso que sinto a falta do deduction board e da análise forense de alguns jogos anteriores. À medida que vamos progredindo vamos também desbloquear novas habilidades que podem ser usadas na exploração, como a habilidade de partir certos objectos, iluminar locais escuros ou avançar o tempo, entre outros. Naturalmente que estas habilidades serão usadas para apanhar mais objectos.

Teremos imensos puzzles para resolver mas, sendo este um jogo mais casual e dependendo do grau de dificuldade escolhido, podemos sempre avançar uns quantos.

Do ponto de vista audiovisual, é um jogo algo simples, mas desta vez está uns furos acima do Mystery of the Persian Carpet, pois apesar das cutscenes ainda serem algo estáticas, ao menos já têm o voice acting competente de jogos anteriores, pelo menos nos papéis de Sherlock e Watson. As músicas também vão sendo algo tensas, o que até cai bem no estilo de jogo e tendo em conta que estamos a explorar uma mansão supostamente amaldiçoada. Graficamente as coisas são todas muito estáticas, mas ao menos os cenários estão muito bem conseguidos na minha opinião, com bonitos cenários desenhados e pintados à mão.

Portanto este The Hound of the Baskervilles não é uma adaptação fiel do romance original, mantendo só a história  de base. É também um jogo mais casual, até porque também foi lançado para smartphones, com um foco muito maior em exploração dos cenários em busca de objectos escondidos e com imensos puzzles (alguns bem chatinhos). Não me desagradou de todo, mas prefiro de longe a série principal.

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em PC com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.