Zombie Solitaire (PC)

Continuando pelas rapidinhas a jogos indie, vamos cá trazer um jogo de cartas, mas com a temática de Zombies. Certamente foi um jogo que veio cá parar num bundle ou ter-me-á sido oferecido, pois apesar de não ser propriamente um mau jogo, não seria um dos que teria comprado propositadamente.

Acho que todos conhecem o solitário e as suas regras, pelo que não me irei alongar muito na descrição geral do jogo. Basicamente temos um deck de cartas onde a cada turno sai uma carta nova e a ideia será a de ir buscar outras cartas acima cujos valores sejam o imediatamente acima ou abaixo da carta base, independentemente do naipe. Por exemplo se a primeira carta do deck for um 5 de copas, terei de procurar acima, nas cartas disponíveis um 4 ou um 6 e por aí fora, pois a ideia é fazer combos e limpar o ecrã de cartas, enquanto tivermos cartas disponíveis no baralho. Se ficarmos sem cartas no baralho a partida é perdida.

As cartas bloqueadas devem ser desbloqueadas ao “limpar” as cartas que as desbloqueiam

Mas claro, isto tem uma temática de zombies, pelo que à medida que vamos avançando nas partidas, eliminando cartas e/ou fazendo combos, vamos também ganhar moedas que nos permitem comprar cartas especiais em lojas. Cartas que nos permitem descartar outras cartas na área de jogo, ou que nos permitem colocar qualquer carta no topo da outra. Também vamos ter cartas que estão bloqueadas, pelo que teremos de “limpar” a carta que as desbloqueia o mais rapidamente possível. O jogo segue uma história onde há uma epidemia de zombies e temos de lutar pela nossa sobrevivência, onde ao longo de 103 partidas iremos partir da nossa casa, atravessar a cidade e seus subúrbios em direcção ao porto marítimo, apanhar um barco e chegar a uma ilha. Em cada partida temos um número mínimo de cartas/zombies para limpar, sendo que se chegarmos o final do baralho e esse número mínimo não tiver sido cumprido, perdemos a partilha.

Ocasionalmente temos estes momentos de hidden object que sinceramente não acrescentam nada ao jogo

Graficamente é um jogo muito simples, mas eficaz. As cartas são todas decoradas com motivos zombies, esses que por sua vez têm um aspecto mais cartoon do que propriamente de terror. Entre cada área vamos tendo pequenas cutscenes interactivas que vão ilustrando o nosso progresso no jogo, quase como mini-jogos de hidden object, onde temos de explorar os cenários e descobrir os itens necessários à nossa fuga. A banda sonora é também simples, com poucas músicas, mas estas possuem um feeling muito de filme de halloween. Não necessariamente de um filme de terror, mas algo tirado de um filme da família Addams, por exemplo.

Portanto, para quem gostar de Solitário, tem aqui um boa maneira de passar o tempo pois acaba por oferecer uma variedade bem maior que o solitário que vem no windows. Mas devo dizer que já comecei a jogar o Faerie Solitaire e esse é ainda mais apelativo, mas isso ficará para um eventual artigo futuro.

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em PC com as etiquetas , . ligação permanente.

Uma resposta a Zombie Solitaire (PC)

  1. Pingback: Faerie Solitaire (PC) | GreenHillsZone

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.