Donkey Kong (Nintendo Gameboy)

O Donkey Kong original foi o primeiro grande sucesso da Nintendo no mundo dos videojogos. Ou pelo menos aquele primeiro a atingir um estrelato mundial, gerando conversões para inúmeros sistemas domésticos no início da década de 80. No entanto, depois de 2 sequelas que também apareceram no catálogo da NES, a série ficou algo esquecida até 1994, onde é lançado para a Gameboy, um remake bastante musculado dos clássicos. O meu exemplar foi comprado há uns meses atrás, numa ida à feira da Vandoma no Porto, onde comprei mais de 20 cartuchos de GB por 20€.

Apenas cartucho

Se bem se lembram, no Donkey Kong original tinhamos de defrontar o gigante macaco Donkey Kong que raptou a jovem Pauline. Para isso vamos ter de percorrer um longo caminho repleto de plataformas e obstáculos, por vezes atirados pelo próprio DK. Ora aqui a fórmula acaba por ser a mesma, com os primeiros 4 níveis a serem nada mais nada menos que remakes do clássico de 1981. Depois deste breve momento nostálgico onde salvamos Pauline pela primeira vez, o Donkey Kong acorda e leva-nos para outros mundos, introduzindo 97 novos níveis para serem jogados.

A cada 4 níveis teremos de enfrentar o Donkey Kong

E aqui as mecânicas de jogo já mudam um pouco. Aqui os níveis já são maiores e com muito mais puzzles que os originais. O objectivo em cada nível (excepto naqueles em que enfrentamos o Donkey Kong) é o de encontrar e carregar uma chave para que nos abra a porta que nos leva ao nível seguinte. Para isso temos também de ter em conta uma série de novas mecânicas de jogo que vão sendo introduzidas aos poucos. Mario consegue agora saltar mais alto usando alguns malabarismos como cambalhotas pelo ar ou fazer o pino, que por sua vez também serve para amortecer alguns dos objectos que Donkey Kong nos atira, como os barris, para que depois possam ser usados contra ele. Aliás, tal como no Super Mario Bros 2 é possível agarrar alguns inimigos ou objectos e atirá-los. Outras novas mecânicas de jogo consistem no uso de alguns itens que nos deixam criar algumas plataformas ou escadas temporariamente, ou o uso de alavancas para abrir ou fechar camihos. Outras ainda marcam o seu regresso, como a possibilidade de trepar lianas como no Donkey Kong Junior. As novas mecânicas introduzidas neste jogo serviram também de base para o desenvolvimento da série Mario vs Donkey Kong, que teve o seu primeiro lançamento para a Gameboy Advance.

Este foi também o primeiro jogo a tirar partido da Super Gameboy e a sua capacidade para adicionar cor

De resto, a nível audiovisual, este até que é um jogo bem conseguido, dentro das limitações de hardware da Gameboy. É também o primeiro jogo a tirar partido do Super Gameboy, o acessório que nos permitia jogar estes jogos portáteis na Super Nintendo, com a vantagem de adicionarem um pouco de cor. De resto o jogo em si está bem detalhado, com os níveis a serem algo variados entre si, pelo menos aqueles que decorrem em mundos diferentes. As músicas e efeitos sonoros são também muito agradáveis. Por um lado há um reaproveitamento dos efeitos sonoros do original de 1981, depois temos a introdução de uma série de músicas agradáveis, como a Nintendo bem sabe fazer.

 

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em Gameboy, Nintendo. ligação permanente.

2 respostas a Donkey Kong (Nintendo Gameboy)

  1. Pingback: Mario vs Donkey Kong (Nintendo Gameboy Advance) | GreenHillsZone

  2. Pingback: Mario vs. Donkey Kong 2: March of the Minis (Nintendo DS) | GreenHillsZone

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.