Unreal Tournament Game of the Year (PC CD)

UT GOTYQuake II contém um modo multiplayer que foi um sucesso estrondoso.  Os estúdios não deixaram de reparar nisso e em 1999 sairam para o mercado jogos como Quake III Arena ou Unreal Tournament, FPS inteiramente desenvolvidos com o multiplayer em vista. A versão que traterei aqui é a “Game of The Year” que contém um cd bónus repleto de extras tais como vários mapas novos e 2 mods (Chaos UT e Rocket Arena) que não serão foco deste artigo. A minha cópia foi comprada na loja portuense TVGames, tendo-me custado algo em torno dos 2-4€. Está completa e em bom estado, embora como sendo uma budget release não contém um manual físico em papel.

Unreal Tournament GOTY PC

Jogo completo com caixa, papelada e CD bónus

Unreal Tournament é como disse acima um jogo focado inteiramente na vertente multiplayer, embora possa ser jogado num modo single-player. Este modo single-player não tem qualquer história, tal como o nome do jogo indica, isto é meramente um torneio. O objectivo de jogar sozinho é simplesmente vencer todas as arenas nos vários modos de jogo disponíveis, tornando-se campeão. Inicialmente apenas podemos competir no já tradicional Deathmatch, mas à medida que o jogo vai progrendindo poderemos jogar “Domination” – onde equipas lutam pela posse de vários pontos de controlo nas arenas, “Capture the Flag”, “Assault” onde 2 equipas têm de atacar e defender um objectivo e finalmente o “Challenge” que é uma variante do Deathmatch em locais e situações extremas. Existe também um modo de jogo “Practice”, onde para além de treinar é uma boa maneira de jogar uma partida rápida sem compromisso. Para além dos modos de jogo supracitados também se pode praticar em “Team Deathmatch” e “Last Man Standing” – também uma variante de Deathmatch mas onde cada jogador tem um número limitado de vidas, vence quem for o sobrevivente final. À excepção de “Challenge”, todos estes modos de jogo são transpostos para o multiplayer.

screenshot

Existe sempre um tutorial para explicar como funciona um modo de jogo (aqui é o Domination)

Unreal Tournament é bastante customizável. No practice mode podemos definir bastantes variáveis, desde os bots a utilizar, qual o seu nível de inteligência, as suas características, etc. Podemos também criar condições especiais como low gravity, stealth (torna os jogadores invisíveis), fatboy (jogadores com muitos frags ficam cada vez mais gordos, enquanto os que morrem mais vezes ficam cada vez mais magros), entre muitos outros. No que diz respeito ao multiplayer, é possível jogar este jogo em LAN, via internet através de servidores oficiais, ou então por servidores privados (joguei muito assim entre amigos). Quem inicia a sessão desta forma pode também customizar a partida da mesma forma que um “practice” se tratasse (com uma ou outra excepção). Passando para a jogabilidade em si, o ritmo de jogo é frenético. Existem um total de 12 armas, desde motoserras e martelos pneumáticos, vários tipos de pistolas e rifles, lança lâminas, rockets, metralhadoras pesadas, sniper rifles e até bombas atómicas. Todas as armas possuem modos de tiro secundários, muitas vezes inteiramente diferentes entre si, o que se traduz numa maior variedade estratégica para a matança. Existem também vários items que podem ser utilizados, desde armaduras, os habituais “re-stocks” de saúde e armadura, passando também por amplificadores de dano, botas antigravidade, invisibilidade e equipamento de mergulho.

screenshot

Decapitar outros jogadores com razor blades nunca foi tão divertido.

A nível gráfico o jogo é agradável. As comparações deste jogo com Quake III são inevitáveis a todos os níveis, e neste campo acho que Quake 3 leva a melhor. Mas isto falando apenas do aspecto técnico da coisa, qualidade de texturas, detalhe das personagens, etc. Nesse campo UT é um jogo agradável, mas não era o supra-sumo na altura em que saiu. Ainda hoje é um jogo visualmente agradável de ser jogado (até porque não há muito tempo para apreciar o que quer que seja). Agora a nível de design, bom aqui acho que é um ponto forte. As arenas estão muito bem concebidas e a variedade gráfica é imensa, desde cenários medievais até estações espaciais. Sonoramente confesso que nunca prestei muita atenção à música, mas é adaptada ao ritmo caótico do jogo. Já os efeitos sonoros na minha opinião estão muito bem conseguidos, principalmente o voice-acting. É empolgante ouvir as bocas que os bots mandam uns aos outros (e a nós próprios também) após uma ou outra kill.

Finalizando, Unreal Tournament é um jogo fantástico. Foi o jogo responsável por ter feito muito poucas cadeiras nos primeiros anos de faculdade (não falemos disso) e ainda hoje é um jogo bastante divertido de se jogar. Unreal Tournament tem vindo a receber uma série de sequelas (eu possuo algumas) e nenhuma delas chegou a ser tão revolucionária quanto este jogo. Na altura em que este jogo saiu eu era un fanboy confesso da id Software, e apesar de Quake 3 Arena também ser um jogo bastante bom, este Unreal Tournament é uma experiência bem mais completa, devido à variedade de modos de jogo, customização e estratégia no uso de armas e items. Apesar de existirem versões deste UT para PS2 e Dreamcast (esta com jogo online) a versão PC é obviamente superior. Sem mencionar a enorme comunidade que se formou sobre este jogo (tal como Quake 3 ou Half-Life) para o desenvolvimento de mods, mapas e modelos.

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em PC com as etiquetas . ligação permanente.

Uma resposta a Unreal Tournament Game of the Year (PC CD)

  1. Pingback: Unreal Tournament 2003 (PC) | GreenHillsZone

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.