Devil May Cry 3: Dante’s Awakening – Special Edition (Sony Playstation 2)

Devil May Cry 3Devil May Cry 3 foi tudo o que os fãs pediram após terem ficado desapontados com o DMC2. O jogo deixou de ser puramente de acção como em DMC2 e passou a integrar novamente elementos de puzzle e exploração, bem como o próprio sistema de batalha está parecido com o do primeiro jogo, mas bem mais avançado. Um ano e qualquer coisa após o DMC3 ter chegado ao mercado, a Capcom decide relançá-lo com mais conteúdo e a metade do preço, de modo a capitalizar no sucesso da série. A minha cópia foi comprada há poucas semanas no ebay UK por cerca de uns 1,5€ mais portes de envio. Uma pechincha, tendo em conta que o jogo está em óptimo estado.

DMC 3 Special Edition PS2

Jogo completo com caixa e manual

Devil May Cry 3 é na verdade uma prequela do primeiro jogo da série. Aqui as raízes de Dante são um pouco mais exploradas, mais concretamente o seu passado de rivalidade com o irmão gémeo Vergil. Para além de Dante e Vergil existe outra dupla de rivais humanos, Arkham e Lady. Vergil é o evil twin de Dante e neste jogo junta-se a Arkham (que se quer tornar num demónio) para roubar o colar oferecido a Dante pela sua mãe. Este colar, conforme já foi visto em Devil May Cry, juntamente ao colar do Vergil permite abrir as portas do Inferno que tinham sido seladas pelo pai de Dante e Vergil, o poderoso demónio Sparda. Sem querer revelar mais pormenores, Lady é também uma caçadora de demónios, que embora não se junte a Dante por ele ser meio-demónio, também tenta impedir o plano de Arkham e Vergil.

As grandes novidades deste jogo estão no gameplay. Começando pelas armas “devil arms“, estas são adquiridas após se defrontar um determinado boss, ao invés de serem simplesmente encontradas como nos 2 jogos anteriores. Para além de armas melee, Dante poderá utilizar vários tipos de pistolas, que estas são encontradas ao longo do jogo. Os níveis estão novamente separados por missões, desta vez com mais foco na exploração e resolução de alguns puzzles. O combate foi o que recebeu mais alterações. Existem 4 estilos base de luta (podendo depois serem desbloqueados mais alguns), cada estilo tem algumas técnicas mais exclusivas. Trickster (o inicial) é um estilo balanceado, onde o esquivar de golpes é focado. Swordmaster e Gunslinger, com especialização em melee weapons ou armas de fogo respectivamente e Royal Guard, que aposta num gameplay mais defensivo. Estes estilos de luta podem ser alterados quer no início de cada missão, quer quando se visita uma “Statue of Time”. Ao lutar vamos ganhando experiência no estilo de luta, podendo depois aprender novas técnicas. Outra novidade reside no facto de Dante apenas poder transportar consigo um par de armas melee e outro de armas de fogo, podendo ser alternadas usando os botões L2 e R2.A escolha das armas a utilizar também é feita antes das missões ou na Statue of Time. Também de volta está o mecanismo das “orbs”, com orbs de várias cores e funções diferentes. Amarela/dourado representam novas vidas ou continues, azul para aumentar a barra de vida, vermelho para comprar items ou fazer upgrades às armas, etc. Mais uma vez, à semelhança do primeiro jogo, cada “devil arm” tem as suas habilidades próprias (como o double jump por exemplo) e isso transpõe-se para o Devil Trigger – a forma demoníaca e poderosa de Dante que pode ser utilizada temporáriamente – que também terá diferentes habilidades consoante a arma equipada.

screenshot

Ecrã título

A grande novidade desta Special Edition está no facto de se poder jogar com Vergil. Vergil tem menos armas que dante e apenas um estilo de luta, mas também tem habilidades próprias que podem ser desbloqueadas. Para além disso, nesta Special Edition fez-se uma revisão na dificuldade do jogo (existem mais níveis de dificuldade), e melhorou-se o sistema de continues, permitindo o jogador recomeçar o nível ou ressuscitar instantaneamente no local onde morreu. Para além disso existe um “Turbo” mode que deixa o jogo 20% mais rápido, bem como o regresso do “Survival Mode” de Devil May Cry 2, o “Bloody Palace”. Existem também vários extras como imagens de artwork ou trailers que podem ser desbloqueados, bem como novas roupas para Dante e Vergil. Para isso tem de se ir completanto o jogo em todas as dificuldades, bem como obter o melhor rank possível em cada missão. É possível a qualquer altura rejogar uma missão anterior para melhorar o resultado.

screenshot

Vergil a dar cartas!

Graficamente, não acho que o jogo esteja muito mais bonito que o Devil May Cry 2. Mais variado sem dúvida, os cenários estão muito mais bem trabalhados, há novamente uma preocupação pela arquitectura “gótica” sempre presente, quer em cenários abertos de exteriores, quer em corredores apertados de castelos e afins. Já os modelos (principalmente das personagens principais) não estão assim tão bons, na minha opinião. Nota-se que tiveram um bom trabalho com as cut-scenes, agora bem mais “cinematográficas” e com bastante diálogo, algo que deixou a desejar no jogo anterior. A história deixou de ser uma coisa contada à pressa e aqui as coisas fazem todo o sentido. É um jogo agradável visualmente, mas já vi melhor na PS2 e o próprio DMC2 deixou-me mais agradado neste aspecto. A nível de som é o habitual, música ambiente (ou música nenhuma) em fases de exploração, quando começa o combate há uma explosão sonora e começa logo a dar música bastante mexida numa onda mais rock/electrónica, que acaba por agradar. O voice acting não está nada mau, bem como os efeitos sonoros, aqui apresentados em Dolby Pro Logic II (coisa que não tenho, mas pronto).

screenshot

Belos polígonos! (Screenshot de PC)

Apesar de ter gostado do caminho mais “simples” que o Devil May Cry 2 seguiu, não posso negar que prefiro este jogo dentro dos 3 existentes para a PS2. Os cenários são bastante variados como já referi, a história é mais empolgante e o próprio carisma do Dante está bem mais acentuado neste jogo. O sistema de batalha é um pouco mais complexo e requer bastante treino para se chegar ao fim. Obviamente que esta Special Edition é a versão a comprar (também existe no PC), tornando a versão original completamente obsoleta. A diferença de preço é practicamente nula (falando de ebay e amazon), portanto esta escolha acaba por ser a mais natural.

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em PS2, Sony com as etiquetas . ligação permanente.

7 respostas a Devil May Cry 3: Dante’s Awakening – Special Edition (Sony Playstation 2)

  1. Melhor DMC de sempre. Ponto. 🙂

  2. Anónimo diz:

    como posso jogar com vergil

  3. Adoro/Odeio este jogo 😛 É difícil, mas é das coisas mais viciantes que já joguei. Qual é o estilo que preferes? Para mim é Trickster, mesmo que isso me obrigue a andar aos saltos que nem um coelho, sempre gosto de ter mais liberdade nos movimentos.
    A única coisa que não gostei no jogo foram os cenários desprovidos de cor. É tudo muito castanho ou cinzento.

    Lembro-me de adorar a batalha contra a Ebony e Ivory, que tem menos dos típicos padrões de Bosses e mais de combate puro. Havia certos bosses que só conseguia passar músicas de metal a passar nos auscultadores 🙂

    • cyberquake diz:

      Acho que também preferia o Trickster. Em relação aos gráficos os jogos da série nunca foram assim tão coloridos, mas este até me pareceu o mais variado (ainda não joguei o DMC4)

      • mateus diz:

        Sinceramente o dmc4 eu n gostei muito pq as historias comecam fazer menos sentido e isso q eu falo dps de jogar aquele jogo eu n gostei muito pq prefiro o dante do dmc3 mais devertido mais melhorado.e isso eu n gostei mto

  4. Pingback: Devil May Cry 4 (Sony Playstation 3) | GreenHillsZone

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.