KARAKARA 1 e 2 (PC)

Bom hoje vai ser mesmo uma rapidinha a não um mas dois jogos de uma só vez. Mas como são duas visual novels bastante simples e curtas, acaba por compensar escrever um artigo único para ambos. Estas 2 visual novels, publicadas pela Denpasoft, foram compradas num indie bundle qualquer há cerca de um ano atrás por uma bagatela.

Bom, como já estão a adivinhar estas são visual novels com conteúdo eroge, embora as cenas explícitas tenham de ser compradas à parte através de patches no site da Denpasoft, pois o Steam não permite essas poucas vergonhas. Yeah right… Mas, parvoíces à parte, até que gostei de alguns conceitos da narrativa do jogo, pois o mesmo é passado num mundo árido e pós-apocalíptico, onde por algum motivo não há muitos machos no planeta e a maioria da população desenvolveu orelhas e rabos de animais. Yeah right, mais japonesices. Ainda assim, até que de certa forma gostei da escrita do jogo, pois tem algumas cenas com bom humor e outras um pouco mais introspectivas mas que até não estão mal conseguidas de todo. Depois claro, tem a parte de todas as raparigas com que a personagem principal se cruza se apaixonarem por ele…

Podemos activar legendas em 2 línguas em simultâneo!

O que me desagradou é que estes 2 jogos são completamente lineares, não há qualquer escolha que tenhamos de fazer, é mesmo só ler. Por outro lado a apresetação do jogo está boa e o seu “motor” apresenta muitas das funcionalidades habituais como a possibilidade de fazer skip a texto já lido, ou reler texto que já tenha passado. No que diz respeito aos audiovisuais, tal como os Neko-Nin que já cá trouxe, estes são jogos bem trabalhados: os desenhos estão muito bons, tanto das personagens em si, como dos cenários que nos são apresentados. Até uma abertura como se fosse um anime isto tem! O voice acting (todo em japonês) também me agradou bastante e as músicas, bom, essas vão sendo bastante variadas.

Portanto, para quem gostar deste tipo de Visual Novels, estão aqui duas boas apostas, embora o facto de serem completamente lineares não me agrade muito. Mas recomendo que as comprem em conjunto e nalguma sale, pois o segundo terminou de uma forma abrupta, mesmo a convidar para um terceiro jogo, que acredito que eventualmente veja a luz do dia.

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em PC com as etiquetas , . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.