Virtual Chess 64 (Nintendo 64)

Vamos agora para uma super rapidinha a um jogo que pouco teve a oportunidade de aquecer a minha Nintendo 64. Virtual Chess 64, tal como o nome indica é um jogo de xadrês e eu não sei jogar xadrês, daí não ter perdido lá muito tempo com ele, apesar do mesmo possuir um modo tutorial até bem interessante. O meu exemplar foi comprado algures durante o mês de Abril a um particular, tendo-me custado 12€ se bem me lembro. Comprei-o mais pela curiosidade de ser um título da Titus do que por outra coisa!

Jogo com caixa e papelada

Portanto… um jogo de xadrês que pode ser jogado com tabuleiros em 2D ou inteiramente em 3D. Possui algumas funcionalidades “cómicas”, na medida em que podemos alternar a temática dos tabuleiros, trocando as peças por animais ou personagens heróicas contra demonícacas. Se jogarmos com tabuleiros em 3D, e a opção das cutscenes estiver activada, sempre que uma peça elimina outra, temos direito a uma pequena cutscene bem humorada a mostrar precisamente esse combate.

Temos vários níveis de inteligência artificial para escolher.

No que diz respeito ao tutorial, sinceramente não o cumpri todo por falta de paciência, mas fiquei a saber muito mais de xadrês do que sabia antes de lhe ter pegado, pois possui um modo tutorial muito extenso, explicando todas as regras do jogo, algumas jogadas básicas e sempre de uma forma interactiva que nos obriga a pensar e agir. Gostei bastante desta parte, e garantidamente hei-de voltar ao jogo no futuro só para fazer o tutorial completo. De resto, jogando contra o computador podemos definir vários níveis de inteligência artificial, o que nos pode dar muitos problemas pois em níveis avançados de dificuldade e em situações mais complexas, o CPU pode demorar horas até tomar uma decisão.

Visualmente estamos perante um jogo simples

No que diz respeito aos audiovisuais, as cutscenes até que são engraçadas, mas felizmente que temos a opção para desactivá-las permanentemente, ou assim que as virmos pelo menos uma vez. Poderia no entanto haver uma maior variedade de temáticas e cutscenes, o que não acontece. De resto é um jogo de xadrez, não estava à espera de gráficos propriamente espectaculares, a não ser uma maior variedade de “temáticas” de tabuleiros. As músicas são poucas e são bastante calmas, passando algo despercebidas. Mas uma vez mais, não estava à espera de mais e nem seria suposto, pois este é um jogo que requer concentração.

A menos que desactivemos essa opção, cada vez que uma peça é eliminada temos direito a uma cutscene com algum humor

Portanto este Virtual Chess 64 até que acabou por me surpreender pela positiva devido ao seu tutorial bastante completo e interactivo. É provável que existam muito mais jogos de xadrez com a mesma funcionalidade, mas sinceramente é algo que desconheço.

Sobre cyberquake

Nascido e criado na Maia, Porto, tenho um enorme gosto pela Sega e Nintendo old-school, tendo marcado fortemente o meu percurso pelos videojogos desde o início dos anos 90. Fã de música, desde Miles Davis, até Napalm Death, embora a vertente rock/metal seja bem mais acentuada.
Esta entrada foi publicada em Nintendo, Nintendo 64 com as etiquetas . ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.